O que procura?

Encontre serviços e informações

Coren-PI e FMS traçam estratégias para otimização do serviço de Enfermagem em Teresina

Representantes das duas instituições discutiram alternativas para melhoria dos serviços de Enfermagem da capital

Dando continuidade à série de encontros administrativos com órgãos fiscalizatórios e gestores da área da Saúde, o Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) esteve reunido, na última terça-feira, 24/01, com representantes da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS). 

Durante o encontro, as instituições debateram algumas demandas relativas ao exercício da Enfermagem de unidades de saúde da capital. Os principais aspectos apontados foram: a responsabilidade técnica do serviço de enfermagem na atenção primária à saúde, as instalações físicas de uma unidade específica e demandas do SAMU Teresina, em especial, equipamentos de proteção individual para desempenho das atividades nas “motolâncias”. O Coren-PI também destacou a necessidade de realização de concurso público e sugeriu que o próximo certame seja direcionado a profissionais especialistas.

Outro assunto discutido foi o andamento das adequações no serviço de enfermagem da Maternidade Wall Ferraz, que foi parcialmente interditada pelo conselho no mês dezembro de 2022. Os representantes do Coren-PI aproveitaram a oportunidade para realizar a entrega formal do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) relativo às atividades de Enfermagem da maternidade.

Para o conselheiro do Coren-PI, Enf. Samuel Freitas, esse tipo de encontro aproxima o conselho dos gestores e contribui para a agilidade no atendimento de demandas: “Uma das nossas propostas é atuar de maneira colaborativa e participativa com órgãos fiscalizadores e com gestores . A conversa foi bastante produtiva, nós nos aproximamos da gestão da FMS, apresentamos algumas demandas da Enfermagem e esperamos que possam ser atendidas o quanto antes”, disse.

TAC relativo à desinterdição da maternidade Wall Ferraz foi recebido pelas representantes da FMS

As representantes da fundação prometeram analisar o TAC proposto pelo Coren-PI, discutir os pontos apresentados e garantiram esforços para que sejam solucionados o mais rápido possível.

Estiveram presentes na reunião, pelo Coren-PI: o presidente, Enf. Antonio Neto, os conselheiros: Enf. Samuel Freitas, Enfª Deusa Helena Albuquerque e T.E. Wendel Alves, e o assessor técnico Enf. Arthur Antunes. Pela FMS: a presidente, Enfª Clara Leal, a gerente de Atenção Hospitalar, Enfª Roberta Berté e a Enfª Aranucha Brito, gerente executiva. 

Interdição parcial da Maternidade Wall Ferraz

No mês de dezembro de 2022, o Coren-PI realizou a Interdição Parcial dos Serviços de Enfermagem da Maternidade Wall Ferraz, em Teresina. O principal motivo que levou à interdição foi a inexistência de enfermeiro durante o turno da noite, aos finais de semana e feriados, no Centro Cirúrgico e Central de Material e Esterilização. Durante a 574ª Reunião Ordinária do Plenário (ROP), o Plenário do Coren-PI aprovou a solicitação de desinterdição dos serviços de enfermagem dos setores em questão, e propôs um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com a FMS para acompanhar os ajustes e verificar o cumprimento da legislação.

FONTE: Ascom Coren-PI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *