O que procura?

Encontre serviços e informações

Após incêndio, Coren-PI visita Hospital de Picos e destaca atuação da Enfermagem na remoção dos pacientes

Equipe de Enfermagem foi protagonista no processo de remoção e cuidado dos pacientes no momento do incêndio

Na última sexta-feira, 19, o conselheiro Wendel Alves e o assessor de gabinete, Arthur Antunes, do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) foram recebidos pela equipe de Enfermagem do Hospital Regional Justino Luz, em Picos. A visita aconteceu após o episódio de incêndio que atingiu uma ala da unidade, ocorrido na madrugada do dia 18.

Durante a vistoria, o conselho constatou que nenhum paciente ou servidor ficou ferido. Os pacientes da ala atingida foram removidos para outros setores do hospital ou para unidades hospitalares vizinhas. A causa do incêndio ainda é desconhecida.

Wendel Alves destacou a bravura e a coragem da equipe de Enfermagem no cuidado e na remoção dos pacientes no momento do acidente: “O Coren-PI parabeniza cada profissional de Enfermagem desta instituição que, mais uma vez, arriscaram suas vidas para garantir a vida dos pacientes internados. Graças a vocês e aos outros profissionais de saúde, todos tiveram sua assistência garantida e foram encaminhados para outras unidades”, disse o conselheiro.

“A equipe de Enfermagem protagonizou diversas frentes na assistência aos pacientes durante o incêndio, desde a remoção, conforme orientado pela equipe do corpo de bombeiros, e manutenção dos cuidados, até a participação nos procedimentos de limpeza de terminal e desinfecção das unidades. Tratamos todos os pacientes, acompanhantes e colegas de trabalho com humanidade, generosidade e carinho, sendo fortaleza e abrigo. Mais uma vez, mostramos a força da Enfermagem e a importância desses profissionais”, detalhou a enfermeira responsável técnica pelos serviços de Enfermagem do hospital, Dayanna Vasconcelos.

Para o assessor de gabinete do Coren-PI, o infeliz episódio reforça a importância de as instituições de saúde realizarem as adequações recomendadas pelos órgãos de fiscalização. “Nos últimos anos, por meio da nossa fiscalização, identificamos alguns problemas relacionados à precariedade da estrutura física do hospital. Fizemos as devidas notificações para resolução, porém não constatamos melhorias consideráveis. Nós não podemos prever quando um acidente irá acontecer, mas podemos trabalhar para evitar que eles aconteçam”, pontuou Arthur Antunes. 

Os representantes do Coren-PI aproveitaram a ocasião para dialogar com os profissionais de Enfermagem e colocaram o conselho à disposição, oferecendo apoio psicológico e suporte legal para que possam exercer a Enfermagem com segurança. Também apresentaram o Programa Enfermagem Solidária, uma iniciativa do Sistema Conselho Federal/Conselhos Regionais de Enfermagem que oferece assistência à Saúde Emocional de enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem gratuitamente por meio da multiplataforma CofenPlay.

FONTE: Ascom Coren-PI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *